22.3.09

A TAL FÉ QUE NÃO SE EXPLICA

Morrem duas pessoas à entrada para o evento juvenil do Papa em Angola, tudo continua como se nada se tivesse passado e agora tentam provar que Ratzinger só soube o que se passou depois do final do evento.
Tenho fé que essa versão oficial do Vaticano corresponda à verdade e que, de facto, nem uma das pessoas da comitiva de Sua Santidade soube do que se passou e se alguma até ouviu falar do assunto não conseguiu fazer chegar a notícia a quem pudesse suspender o evento por respeito a quem morreu.
Só não consigo ainda definir onde entra Deus nesta história.

12 comentários:

Finúrias disse...

Deus não entra aqui!

É doutro campeonato :)

CybeRider disse...

Deus? Esteve lá? Por alguma razão não o encaixei na minha biografia, e já publiquei (hoje) o 1º. fascículo... Diabos...

shark disse...

Pois deve ser, Finúrias. Nunca o vejo citado nestas ocasiões...
:)

shark disse...

Claro que esteve lá! Ele está em todo o lado, pelo menos foi o peixe que me venderam...

CybeRider disse...

Também mo venderam... Olha, estava podre! Acabei por deitá-lo todo para o lixo.

CybeRider disse...

"...devo no entanto acreditar que exista uma explicação no âmago da existência do Universo para esses casos em que os seres de Deus partilham e distribuem todo o Mal do Diabo..."

(sic)em rodapé: http://outranaferradura.blogspot.com/

escarlate.due disse...

não entra!
era suposto entrar?

shark disse...

Está em todo o lado, pelo que não é suposto entrar mas apenas estar dentro por inerência.

Anónimo disse...

Pois é por essas e por outras e porque não pode estar com um olho no burro outro no cigano, (estes que me perdoem já que aqueles não me devem entender, ainda por cima toda a gente a pedir-lhe isto, aquilo e o outro, anda tão ocupado com tanta coisa (até com o Kiké Flores) que são decisões p'ráqui decisões p'ráli assuntos p'ra resolver (ai deus me ajude ...) (ai deus me acuda ...) (ai deus que o dinheiro não chega ao fim do mês...) que coitado deixa parte da sua responsabilidade em pessoas de nome esquesito, ideias retrógradas, vestidinhos de cor de rosa e sapatinhos vermelhos.
Depois é no que dá!

shark disse...

É, Ele devia ter mais cuidado nas delegações de competências...

indyvinci disse...

A ausência de reacção do papa e a continuada adulação dos "crentes" após o sucedido, é a materialização máxima da alucinação colectiva em que vivemos.

shark disse...

Alucinação colectiva também é o nome que dou à coisa...